Sistema GFIL – Atualização 9.97

Na opção de importação da base de dados, agora também é possível importar toda a base de dados excetuando-se as tabelas relacionados a documentos eletrônicos.
Essa opção visa principalmente permitir que seja alterado o CNPJ da empresa no GFIL e manter todos os dados (cadastros e lançamentos) da empresa, já que o o GFIL não permite essa alteração do CNPJ se houver nota eletrônica emitida pela empresa antiga. Mas detahes analise o tópico 89 do manual de ajuda;

No grupo de tributação e tela de NFe, no campo da origem da mercadoria, foi incluído a opção para origem código 8;

No módulo de emissão de boletos Iugu, agora é possível imprimir os boletos no formato carnê. Mas essa opção só funcionará corretamente para boletos novos;

Como já era no cadastro de clientes, agora também é possível cadastrar dois ou mais fornecedores com o mesmo CPF, desde que tenham inscrição estadual diferente;

No módulo de geração de boletos foi incluída uma opção para já na geração do boleto também gerar o arquivo remessa;

O IBPT disponibilizou nova tabela (18.2.c) de alíquotas com validade de 01/10/18 a 31/01/19. Como sempre, o GFIL já se antecipa e disponibiliza gratuitamente essas tabelas para download. Recomenda-se efetuar já essa atualização para evitar atropelos de última hora. Para mais orientações veja o tópico número 158 do manual de ajuda;

Várias mudanças no módulo de comandas.
O layout da tela de listagem das mesas foi todo reformulado, incluído o menu para junção de mesas, novas opções para controle de pedidos de delivery e para viagem, menu para personalização de imagens e cores da tela de mapa de mesas, entre outras melhorias.
Para mais informações, analise o tópico número 57 do manual de ajuda.
Observações:
1) Esse tópico foi todo reformulado. Por isso, se você utiliza ou pretende utilizar o módulo de comandas, reanalise esse tópico por completo;
2) Se você utiliza o módulo de comandas via GFILMob, precisa atualizar tanto o server como o apk do app;

Mais uma solicitação atendida -> Nota Eletrônica de Produtor Rural.
Foram feitas várias adequações no sistema para possibilitar a emissão de nota eletrônica com CPF, a qual permitirá que produtores rurais emitam nota eletrônica (NFe, modelo 55). Uma dessas adequações foi no cadastro de empresas filiais. Agora será possível cadastrar um mesmo CPF para mais de uma empresa, desde que cada CPF tenha uma inscrição estadual diferente. Essa mudança é necessária já que produtores rurais têm suas “empresas” identificadas por um único CPF, mas cada uma com uma IE diferente;

Para fins de atualização de configurações da licença de uso, você deve efetuar uma nova liberação da licença de uso no seu GFIL. Basta acessar o programa, menu “Sistema -> Licença de Uso -> Liberar” e fazer a liberação;

Nas configurações de impressão de tickes, orçamentos, comandas, etc. agora é possível personalizar a fonte, tanto na opção direta, como indireta;

Na baixa de boletos com arquivo de retorno agora é possível configurar o sistema para já efetuar um lançamento de débito na conta bancária do valor da tarifa dos boletos;

WhatsApp Tire suas dúvidas via WhatsApp