Sistema GFIL – Atualização 9.87

  1. Disponibilizado GFILMob 2.5 com as seguintes implementações:
    • Opção para pesquisar produtos filtrando por categoria;
    • Opção para transferir uma comanda uma mesa para outra;
    • Opção para controle de lista de espera, com opção para envio de SMS ao cliente quando a mesa estiver pronta;

  1. Corrigido erro que ocorria quando se emitia NFCe com CFOP 5656. A nota era rejeitada por algumas SEFAZ por não conter informações do ANP do produto e UF de consumo. Esses campos agora foram incluídos no XML da NFCe. Logicamente que o código ANP deve ser preenchido no cadastro do produto para que o GFIL faça essa alimentação na nota. Já a UF de consumo será alimentado automaticamente pelo GFIL com a UF do destinatário da nota;
  2. Melhorado layout tela de recebimentos da comanda;
  3. Incluída opção para dar um desconto no fechamento (tela de recebimentos) da comanda;
  4. Modificado um pouco os campos de informação de datas de filtragem na tela de filtragem dos relatórios visando permitir a implantação de opção para geração de relatórios com filtragem de hora;
  5. O “Relatórios -> Comandas -> Sintético” agora pode ser gerado filtrando-se um período de horas do fechamento da comanda, além do período de datas que já havia;
  6. Idem para relatórios analítico de lançamentos do caixa e bancários;
  7. As informações de qual certificado digital utilizar agora devem ser feitas uma única vez (para todos os módulos fiscais) no módulo de parâmetros fiscais (menu “Utilidades -> Parâmetros da Empresa/Filial -> Fiscais -> Outros”.
    Outra mudança implementada nessa configuração do certificado é que agora você poderá indicar qual o tipo de certificado (A1 e A3) e também a .dll a ser utilizada na assinatura e envio dos XMLs. Essa configuração visa evitar alguns erros que estavam ocorrendo em alguns usuários de certificado A1, em especial o erro “Cryptographic 24 error”.
    Com essa mudança agora fica centralizada a vinculação/seleção do certificado digital de todos os documentos fiscais do GFIL em uma única tela, não havendo necessidade de você fazer essa seleção em cada módulo de tipo de nota que for emitir. Mas ATENÇÃO: após atualizar o GFIL para esta versão, todos os usuários precisam acessar esse menu acima mencionado e configurar o certificado digital. O procedimento é bastante simples.
    Mais informações analise
  8. o tópico 92 do manual;
  9. Na tela de NFCe, agora é possível iniciar uma nota avulsa utilizando os dados de outra nota (duplicação);
  10. No lançamento de adiantamento recebido de cliente, agora tem a opção para recebimento via cartão;
  11. No módulo de locações, além das unidades de prazo (dias e hora) que já havia, agora também teremos as unidades de semanas, quinzenas e meses;
  12. No cadastro de produtos (aba “Dados Privados”) foi incluído o campo “Informações Adicionais Para NFe”. O valor desse campo será alimentado automaticamente no campo “Informações Adicionais do Item” quando se iniciar uma NFE (modelo 55) de venda;
  13. No módulo de parâmetros gerais foi incluída a opção “Nº de dias que uma pré-venda pode ficar pendente” na aba “De Vendas”. Esse novo campo permitirá que você defina quantos dias uma pré-venda pode ficar em aberto. Até agora, o sistema obrigava a fechar todas as pré-vendas no dia seguinte. Se você não conhece a opção de pré-venda, analise o o tópico 161 do manual de ajuda;
  14. Nos parâmetros fiscais da NFCe foi incluída a opção “Inclui Endereço Cliente no XML”. Se essa opção estiver marcada, naquelas notas onde o cliente for um cliente cadastrado, além do nome e CPF, o GFIL também incluirá todos dados de endereço no XML e, por conseguinte na impressão do Danfe. Essa opção não contempla notas de clientes avulsos (aquele que você informa o CPF na inclusão da venda ou nota). Somente para clientes que têm o CPF/CNPJ informado no seu cadastrado;
  15. No módulo de venda normal de produtos, se você tivesse configurado nos parâmetros para não permitir venda sem estoque e também tivesse marcado a opção para permitir incluir um item mais de uma vez na mesma venda, o sistema permitia a venda sem estoque. Exemplo: o produto X tem estoque de 1. Era possível lançar na mesma venda o item X por 2, 3, …vezes, com quantidade 1. Isso foi corrigido;
  16. Para quem emite boletos Iugu pelo sistema: a partir de março/17, todos os boletos gerados Iugu serão obrigatoriamente COM registro. Por isso, alguns dados do cliente (CEP, número de rua e bairro) que antes não eram obrigatórios, passam a ser. Para gerar normalmente seus boletos, basta informar esses dados no cadastro dos clientes;
  17. Nos parâmetros fiscais da NFCe foi incluída a opção “Inclui Dados de PIS e COFINS no XML”. Segundo a legislação, esses dados não são obrigatórios constar no XML da NFCe. Contudo, há muitos contadores que recomendam fazê-lo. Entre em contato com sua assessoria fiscal o que lhe recomendam sobre esta nova opção do GFIL.

Deixe uma resposta